04.08.08

Dia 0

A ânsia anterior ao momento do embarque foi o sentimento predominante nas primeiras horas do dia. O amanhacer aproximava-nos do momento em que a ânsia desapareceria com o início da experiência. Aproximava-nos também da dissipação de uma dúvida: Passariam no aeroporto as enormes e volumosas mochilas recheadas dos mais variados objectos? Esperávamos que sim.

 

Check-in. Sem problemas. Entrada na zona de embarque. Sem problemas também. Embarque. Primeiro contratempo. Não era possível transportar o CampinGaz. Pequeno sentimento de frustração já que esse era um dos objectos essenciais para pouparmos dinheiro em refeições e também um dos atractivos da viagem. Mas não podia haver espaço para desanimar. Era hora de entrar no avião até ao primeiro destino. Milão.

 

Image Hosted by ImageShack.us

Duas horas e algo de viagem. Aeroporto de Bergamo. Autocarro. Estação Central - Milão. Fomos tentar reservar lugar no comboio nocturno mas estava cheio. Não mudava significativamente o planeado. Apenas passávamos mais tempo em Verona onde tínhamos de mudar de comboio. Tranquilo.

 

Saímos para descobrir Milão. Primeira impressão não muito positiva: edifícios feios, pessoas com todos os aspectos menos o de italianas, ambiente aparentemente perigoso mesmo ao início da tarde. Para além da má impressão, quinze minutos passados de mochila às costas e o primeiro problema começou a aparecer - mochilas. O peso era brutal. Só iríamos parar por volta da meia-noite, por isso, iria ser complicado aguentar. Não foi um início fácil.

 

Tentando ultrapassar um início não muito positivo, fomos levados até ao centro da cidade pelo metro onde procurámos dar uma volta no centro - Duomo, Galerias, La Scala, etc. Entretanto, perguntávamos onde comprar um CampinGaz. Era mesmo necessário. Ajudaram-nos. Decathlon perto do Castelo. Mais uma caminhada sofrível até lá compensada apenas pela existência de cacifos gratuitos onde podíamos deixar as mochilas. Aproveitámos, claro.

 

Image Hosted by ImageShack.us 

 

Depois de mais uma volta e umas quantas paragens pelo centro da cidade (bem mais interessante que a parte da estação Central), fomos finalmente comprar o CampinGaz, buscar as mochilas e seguimos para o Duomo onde ficámos a comer (sentados na berma do passeio).

 

Precisávamos de esperar umas quatro horas até irmos para a estação Lambrate, por isso, optámos por ficar mesmo ali - sentados e deitados no passeio - apreciando a animação que ia havendo por ali. Quando chegou a hora, pegámos nas mochilas e fomos de metro até à estação Lambrate onde terminámos o nosso dia esperando a hora da primeira viagem de comboio.

publicado por José Oliveira às 18:17

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15

19
22
23

24
25
27
28
29



pesquisar
 
preocupações arquivadas
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


no Mundo

 

Alemanha

 


 

Áustria

 


 

Bélgica

 


 

Croácia

 


 

Eslovénia

 


 

Espanha

 


 

Estados Unidos da América

 


 

Finlândia

 


 

França

 


 

Hungria

 


 

Inglaterra

 


 

Itália

 


 

Mónaco

 


 

Polónia

 


 

Portugal

 


 

República Checa

 


 

Sérvia