28.01.09

  

 

 

Aí vêm os clássicos. Grandes anúncios da Sport Tv.

publicado por José Oliveira às 08:34

23.01.09

Com alguma frequência vou criando novos sonhos. É a única forma de me alimentar. Os mais básicos mas também mais ambiciosos vão-se mantendo ao longo dos anos e não tenciono largá-los. Pelo contrário. Faço questão de me manter bem agarrado a cada um deles mas só esses não chegam para pintar a tela por inteiro e não me dou por satisfeito quando ainda vejo espaços em branco. Tentando preenchê-los, o meu pensamento fantasia sobre tudo e isso vai transformando o quadro.

 

Ultimamente, os pensamentos transformam-se de forma recorrente em viagens. Mais longas, menos concretizáveis, mais tentadoras, menos dispendiosas. Com muitos mais e menos; com muitos prós e contras. Todas começam por ser sonhos mas todas me fazem sonhar. Já ganhei o gosto de viajar sem nunca o ter feito em grande medida. Quero ir. Ir porque preciso, porque deve ser bom, pela companhia, pela experiência, pela novidade. Não é sempre desafiante?

 

Não sou capaz de estabelecer prioridades entre os vários sonhos. Quero concretizá-los todos, é tudo o que sei. As oportunidades ditarão a sua ordem porque a pintura de um quadro não se força. Tem de resultar de uma divina inspiração. É assim que quero que mais um inter-rail, uma experiência Erasmus e uma viagem no California Zephyr surjam. Porque preciso, porque deve ser bom, pela companhia, pela experiência, pela novidade. Ou por nada disto. Porque uma viagem transforma sempre os seus motivos e objectivos.

 

E no fim há que voltar. Voltar a sonhar.

tags:
publicado por José Oliveira às 16:21

Nova moda na Internet. A explorar.

 

publicado por José Oliveira às 16:01

10.01.09

 

Alteração no myZONcard: Em vez de oferecer 52 bilhetes por ano de forma gratuita, vai oferecer 52 bilhetes por ano na compra de outros 52 bilhetes ao preço de 2ª feira/Cartão Jovem. Em vez de ser possível oferecer 41,6 milhões de bilhetes por ano, passa a ser possível oferecer 41,6 milhões de bilhetes por ano na venda de outros tantos. É óbvio que não vão ser oferecidos os 41,6 milhões de bilhetes. Nem seriam nas antigas condições. Mas vai ter um efeito quase tão grande como teria anteriormente. Porque a maior parte das pessoas não vai sozinha ao cinema e porque cada agregado familiar só terá acesso a um myZONcard.

 

Conclusão: Os riscos que alegavam existir para proibir a anterior promoção continuam a existir. Mas agora há uma diferença. A Autoridade da Concorrência permitiu esta promoção. E ainda bem.

publicado por José Oliveira às 04:15

09.01.09

 

"Quanto à ideia de que temos de adoptar ou a perspectiva palestiniana ou a perspectiva israelita, considero que isso é uma razoável mas infeliz resposta ao conflito. Em tempos de crise, quando as vidas e identidades das pessoas estão sob ameaça, é compreensível que a sua cosmopolita visão mundial (se alguma vez existiu) desabe sobre si própria. Mas temos de reconhecer que ao criar dicotomias positivas e negativas estamos frequentemente a contribuir para o problema. Se escolherem campos, escolham entre os que são a favor da paz, seja qual for o lado da 'fronteira' em que eles vivam."

 

Roi Ben-Yehuda, Jornalista Judeu

 

publicado por José Oliveira às 06:03

Ainda estou a descongelar depois de me ter aventurado em ir ao Dragão ver um emocionante jogo da Taça da Liga. Mas, em compensação, tive oportunidade de ver jogar 17 jogadores do Porto no mesmo jogo. Os 11 titulares, os 3 substitutos e ainda 3 jogadores do Porto que estão emprestados ao Setúbal - Bruno Vale, Leandro Lima e Bruno Gama. Isto só é possível porque a Federação Portuguesa de Futebol decidiu que não era justo que jogadores emprestados por um clube não pudessem defrontar o mesmo como era usual há uns anos. Mas que sentido faz isto?

 

Um jogador é pago pelo clube A mas joga pelo clube B. Quando o clube B joga contra o clube A, o jogador pode jogar contra o clube que lhe paga o salário todos os meses. Para complicar ainda mais a situação, isto não é um simples negócio como em qualquer outra área. No futebol (ainda) existe o "amor à camisola". Se um jogador que é formado no seu clube de sempre e é emprestado a outro clube quando se torna profissional, quando tem de jogar contra o clube que, para além de ser o que lhe paga o salário, é também aquele pelo qual ele é aficionado, como se sentirá? Eu acredito na seriedade e profissionalismo dos jogadores mas não deve ser uma situação fácil. De todo. E quando eles cometem erros comprometedores nesses jogos, é normal que se questione essa seriedade e profissionalismo.

 

Não seria melhor se eles não pudessem jogar? Assim todos sabíamos quais eram as condições dos empréstimos e não seria possível levantar este tipo de questões nada agradáveis - nem para os jogadores, nem para um ambiente saudável no futebol.

 

Como diria a RFM, vale a pena pensar nisto.

tags:
publicado por José Oliveira às 01:45

06.01.09

O Mundo começa a perceber que Barack Obama é um ser humano e isso é notícia.

publicado por José Oliveira às 09:40

05.01.09

Cinco. Dia 5. Nem sempre é o mais especial de cada mês mas faz-me sempre pensar no que o torna especial. E hoje fi-lo. Não consigo deixar de pensar no último dia de 2008 e no primeiro dia de 2009. Não só por cada hora desses dias mas por tudo o que eles representaram. Foram imagem perfeita da liberdade, da loucura, da inteligência, da doçura, da vitalidade e criatividade de uma relação. E saborear tudo isto de forma praticamente simultânea provoca sensações demasiado intensas, daquelas que costumamos apelidar de indescritíveis. Porque o são.

 

Do Oriente ao Largo, do Largo ao Rio, do Rio à Casinha, do 1º ao 10º Andar, do 10º à Baixa... A1's dias que não vou esquecer. Quero prolongar a passagem.

tags:
publicado por José Oliveira às 05:44

"Saem e viram à direita para apanhar a Nacional 104. Entram na A3 em Trofa/Santo Tirso, viram em direcção à invicta cidade do Porto, calcorreiam uns quantos quilómetros e apanham a VCI em direcção à Ponte do Freixo. Podem aí aproveitar para dizer novamente adeus quando passarem no Estádio do Dragão, logo depois encontram a portagem dos Carvalhos e, num instantinho, estão novamente em Lisboa. Vão ver que não custa nada, parece muito tempo a matutar mas passa num instantinho."

 

Vasco Lobo Xavier in Mar Salgado

publicado por José Oliveira às 05:13

publicado por José Oliveira às 05:12

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
29
30
31


pesquisar
 
preocupações arquivadas
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12